Decepcionada, Erika chora e pede desculpas por derrota precoce

Quarta colocada no ranking mundial, a brasileira Erika Miranda decepcionou nos tatames dos Jogos Olímpicos de Londres. Derrotada logo na estreia para a sul-coreana Kyung-Ok Kim, a judoca não escondeu a decepção. Ao deixar o tatame após ser finalizada pela asiática, a atleta não teve forças para conversar com a imprensa e, chorando muito, deu uma rápida declaração sobre o sentimento de tristeza.

"Quero pedir desculpas, não tenho palavras para descrever o que estou sentindo agora. Quero agradecer meu pai e minha mãe, minha família que torce por mim e sempre esteve comigo. Muito obrigado, mas não foi dessa vez", lamentou a judoca, enquanto se encaminhava aos vestiários.

Uma das favoritas à medalha olímpica, Erika fez um combate equilibrado diante da sul-coreana. Depois de sair em desvantagem, a competidora brasileira conseguiu impor o seu ritmo e igualar o marcador ao forçar duas punições da adversária. Contudo, no Golden Score, a asiática encaixou uma chave de braço e obteve o ippon.