Organização se desculpa com Coreia do Norte após gafe da bandeira 

Antes mesmo do início oficial da Olimpíada de Londres, a organização londrina já cometeu sua primeira gafe. A Coreia do Norte foi confundida com a Coreia do Sul. O fato ocorreu na partida de estreia das norte-coreanas no torneio de futebol feminino, na última quarta-feira, no Estádio Hampden Parl. Antes de vencerem a Colômbia por 2 a 0, as jogadoras viram suas fotos no placar eletrônico divulgadas ao lado da bandeira da "inimiga" do Sul.

Depois do jogo, em entrevista ao site da BBC, o treinador da seleção da Coreia do Norte, Sin Gun Ui, comunicou que sua equipe não iria entrar em campo caso o problema não fosse resolvido. Porém, mesmo com a nova transmissão com a bandeira correta, ele lamentou o fato da organização ter demorado cerca de 30 minutos para corrigir o erro.

Contudo, o porta-voz da organização dos Jogos Olímpicos, Andy Mitchell, também ao jornal da BBC, admitiu erro genuíno e tratou de formalizar suas desculpas às norte-coreanas pela situação embaraçosa.

Após a vitória sobre a Colômbia, a Coreia do Norte divide a liderança do Grupo G com os Estados Unidos, que possuem o mesmo saldo de gols já que venceram a França por 4 a 2, também nesta quarta-feira. As norte-coreanas voltam a campo no próximo sábado, quando terão pela frente as francesas, às 15h45 (de Brasília).