Com 10 cabeças de chave, Brasil escapa de favoritos no judô 

Os 14 judocas brasileiros conheceram na manhã desta quinta-feira os primeiros adversários pelos Jogos Olímpicos de Londres. Com dez cabeças de chave, o país escapou dos favoritos nas rodadas iniciais da competição. Primeiros atletas a entrarem no tatame no sábado, Sarah Menezes, cabeça de chave na categoria ligeiro (até 48 kg), e Felipe Kitadai (até 60 kg) terão pela frente dois adversários desconhecidos. A atleta encara a vietnamita Tu Ngoc Van, enquanto o competidor, que folga na rodada inicial, encara o mongol Tumurkhuleg Davaador.

Principais nomes do Brasil na modalidade em Londres, Leandro Guilheiro e Mayra Aguiar, líderes do ranking mundial, também não devem enfrentar grandes problemas nos primeiros combates. Na rodada de abertura, Guilheiro encarará o letão Konstantins Ovchinnikovs pelo peso meio-médio. Por outro lado, Mayra entra apenas na segunda jornada da divisão dos meio-pesados, na qual terá pela frente a tunisiana Hana Mareghni.

Entre as mulheres, Érika Miranda, Rafaela Silva, Maria Portela e Maria Suelen, também cabeças de chave, também escaparam dos principais nomes da modalidade nas jornadas iniciais.

Pela segunda rodada da divisão meio-leve, Érika Miranda debutará contra a sul-coreana Kyung-Ok Kim. Rafaela, entre as leves, enfrentará alemã Miryam Roper, quarta do ranking mundial. Já pela divisão médio, Portela terá pela frente a colombiana Yuri Alvear. A peso pesado Maria Suelen, por sua vez, lutará contra a francesa Anne-Sophie Mondiere.

Entre os homens, além de Guilheiro, outros três competidores brasileiros acabaram beneficiados pelo fato de ostentar o título de cabeça de chave no sorteio. O meio-leve Leandro Cunha encara o polonês Pawel Zagrodnik. O peso médio Tiago Camilo pega Roman Gontiuk, da Ucrânia. Já Rafael Silva, o Baby, encara o islandês Thormodur Jonsson, pelos pesados.

Luciano Corrêa, dos meio-pesados, encara Oumar Cone, de Mali. O leve Bruno Mendonça enfrenta Fred Wase, de Ruanda. Entre as mulheres, completa a lista de brasileiros a meio-médio Mariana Silva, que encarará na primeira rodada a chinesa Lili Xu.