Cavalo se lesiona e brasileiro é cortado de delegação do hipismo 

A equipe brasileira de CCE (Concurso Completo de Equitação), que representará o país na Olimpíada de Londres, sofreu uma baixa a três dias do início da competição. Uma lesão no ligamento do cavalo Kenny impedirá que o cavaleiro Renan Guerreiro participe do evento, que tem início marcado para o próximo sábado.

A confirmação do corte foi dada por Luis Rocco, chefe da delegação do hipismo brasileiro. A equipe técnica responsável corre contra o tempo para conseguir um novo conjunto para completar a equipe. Segundo Rocco, o anúncio do novo membro da equipe de CCE ocorrerá ainda nesta quarta-feira.

A disputa pelas medalhas no Concurso Completo de Equitação tem início neste sábado, um dia depois da abertura dos Jogos Olímpicos de Londres, e deve se prolongar até a segunda-feira, dia 30.