Novo goleiro titular da Seleção afasta desconfiança

Com apenas três partidas disputadas nesta temporada pela Fiorentina, o goleiro Neto disse que está pronto para assumir a titularidade da Seleção Brasileira e não sentirá a pressão durante a disputa pela medalha de ouro inédita na Olimpíada de Londres. Apesar de ter sido convocado por dez vezes por Mano Menezes, o jogador terá a primeira oportunidade de entrar em campo pelo país.

"Não tive a oportunidade de ter uma sequência de campeonato inteiro, mas tive uma oportunidade de terminar jogando e conseguir um ritmo mais próximo da Olimpíada. E a preparação aqui está sendo muito forte. Não tenho medo nenhum temor sobre a segurança", afirmou Neto, promovido ao time titular por conta da lesão de Rafael.

Contratado pela Fiorentina em 2011, Neto teve poucas oportunidades para atuar com a camisa do clube italiano. O brasileiro entrou em campo pela primeira vez na última temporada somente em janeiro, na derrota por 3 a 0 para a Roma. O atleta, que surgiu no cenário nacional no Atlético-PR, também entrou em campo no revés por 2 a 0 para a Atalanta e na despedida do time na temporada, no empate sem gols com o Cagliari, pela 38ª rodada do Campeonato Italiano.

Apesar da notícia surpresa da titularidade a dois dias da estreia contra o Egito, em Cardiff, Neto procurou durante a rápida conversa com a imprensa citar o antigo titular Rafael. O ex-jogador do Atlético-PR classificou a sensação pré-estreia como uma "mistura de sentimentos", em virtude de a oportunidade surgir apenas depois de um corte de um companheiro de treinamentos.

"É um momento difícil. A perda de um jogador deixa o grupo chateado. Mas, como queremos ganhar o ouro, temos que saber lidar com isso, ir em busca da medalha de todo o jeito. Temos que passar por cima, levantar a cabeça e buscar a medalha para alegrar o Rafael", discursou o novo titular da Seleção Brasileira.