Com vitória de britânica, Crystal Palace se despede da Liga Diamante 

O estádio de atletismo do Crystal Palace National Sports Centre, em Londres, se despediu neste sábado da etapa do fim de semana da Liga Diamante. Com frio, chuva fina e muita animação dos torcedores, o evento encerrou a programação do local; a partir deste domingo, toda a estrutura esportiva do Crystal Palace Park estará à disposição do Comitê Olímpico Brasileiro para a preparação do Brasil para a Olimpíada de 2012.

Dentre as principais atrações iniciais do segundo dia de provas, esteve o britânico Andrew Osagie, terceiro colocado na final dos 800m. Na decisão feminina do arremesso de dardo, a também britânica Goldie Sayers quebrou o recorde nacional ao vencer com a marca de 66,17m ¿ a checa Barbora Spotakova, que lidera o ranking da prova na Liga Diamante, foi a segunda colocada com a marca de 64,19m.

No salto triplo, o americano Christian Taylor se isolou ainda mais na liderança da classificação 2012 da Liga Diamante ao vencer com 17,41m ¿ Leevan Sands, das Bahamas, foi segundo ao atingir 16,97m, e também é vice-líder da classificação da competição, com cinco pontos a menos: 11 a 6. Phillips Idowu, esperança britânica na prova e terceiro colocado da classificação geral (5 pontos), não competiu.

No revezamento 4x100m masculino, Dwain Chambers bem que tentou ajudar o time A do Reino Unido, mas não conseguiu e a equipe ¿ com Christian Malcom abrindo a prova, James Ellington em terceiro e Mark Lewis-Francis fechando - foi apenas a quarta colocada. Trinidad & Tobago, Holanda e Polônia ficaram com os três primeiros lugares, deixando o MVP Track Club (Jamaica) e o time B do Reino Unido em quinto e sexto lugares, respectivamente.

No encerramento das provas, a australiana Sally Pearson foi muito aplaudida antes da largada da final feminina dos 100m com barreira. No entanto, mesmo liderança a classificação da Liga Diamante (10 pontos) e saindo na frente, perdeu o primeiro lugar para a americana Kellie Wells por 0s02: 12s57 de Wells, contra 12s59 de Pearson. Mesmo assim, fogos da organização por cima do estádio.

Na prova final, como não poderia deixar de ser, a torcida no Crystal Palace fez festa para um dos principais nomes da equipe de atletismo do Reino Unido na Olimpíada: Christine Ohuruogu, finalista dos 400m. E ela não decepcionou: mesmo sob chuva mais intensa, conseguiu uma forte arrancada na reta final e tomou o primeiro lugar de Amantle Montsho, de Botsuana, cruzando a linha de chegada em 50s42.

No encerramento do evento, os atletas desfilaram em uma réplica do famoso ônibus londrino, de dois andares, vermelho e conversível. Com guarda-chuvas abertos para se proteger da chuva, eles deram a volta pela pista ao som de "London Calling", da banda inglesa The Clash.