Jogos eletrônicos geram mais de R$ 1 milhão em lucros para apostador

Setor atrai cada vez mais investidores e Brasil desponta como um dos mercados mais promissores

...
Credit......

O mercado de apostas online tem crescido significativamente em 2020, principalmente com o fechamento de cassinos no mundo inteiro devido à pandemia do coronavírus. O setor de eSports também deu um salto, com a paralisação dos esportes tradicionais, fazendo a indústria de apostas apoiar-se significativamente nos jogos eletrônicos. Este mercado relativamente novo tem surpreendido de forma positiva patrocinadores, equipes, atletas e principalmente apostadores. E se você quer começar a investir no mercado de apostas, dê uma olhada nos jogos de hoje e fique por dentro das principais informações sobre o setor de jogos eletrônicos.

Alguns apostadores já entenderam que os eSports representam o futuro e conseguem faturar alto fazendo apostas certeiras em jogos eletrônicos. O apostador profissional Josué Ramos conseguiu lucrar mais de R$ 1 milhão em 2020 na bolsa de apostas Betfair. É claro que ele não alcançou este resultado apenas com sorte, segundo ele, inclusive, sorte ou azar não tem nada a ver com apostas em jogos esportivos, seja em eSports ou esportes mais tradicionais como futebol, basquete, futebol americano, entre tantos outros.

Macaque in the trees
Josué Ramos conseguiu lucrar mais de R$ 1 milhão em 2020 na bolsa de apostas Betfair (Foto: Divulgação)

Josué se considera um jogador agressivo, por isso costuma fazer apostas arriscadas, mas que possuem um grande retorno quando feitas corretamente. O objetivo é encontrar desajustes probabilísticos nas porcentagens projetadas para os eventos nos quais serão feitos os jogos. Todas as apostas são feitas com muito estudo das probabilidades e quais vantagens podem ser alcançadas. É fundamental conhecer a fundo o mercado para obter a compreensão necessária e, claro, manter o foco e dedicação para transformar a atividade em uma profissão.

Durante a última temporada da Liga dos Campeões, por exemplo, ele também obteve um faturamento elevado com futebol. Com apostas na Liga dos Campeões, ele conseguiu obter um lucro substancial ao fazer vários palpites certeiros em jogos como: Bayern de Munique x Barcelona; PSG x Leipzig; e na grande final da competição, entre Bayern de Munique x PSG.

Brasil: um mercado com grande potencial nos eSports

De modo geral, o lucro global de apostas nos eSports tende a duplicar em 2020, alcançando aproximadamente 14 bilhões de dólares. À medida que as apostas esportivas se disseminam nos Estados Unidos, vários locais estão procurando acelerar o processo de regulamentação dos eSports. Em Nevada, por exemplo, as apostas esportivas são autorizadas desde a década de 1940. No entanto, as apostas nos esportes eletrônicos somente foram legalizadas em 2016.

No Brasil, o setor de jogos eletrônicos é considerado um dos mais promissores. Há algumas décadas, os eSports eram uma modalidade de nicho, e que atraia apenas algumas dezenas de entusiastas. O cenário mudou e atualmente o segmento tem em terras tupiniquins um de seus principais mercados, incluindo a realização de torneios nacionais.

Porém, as apostas esportivas ainda não são regularizadas em nosso país. As plataformas atuando no Brasil estão baseadas em países onde a atividade é permitida e regulada, como a Suécia ou o Reino Unido. Em geral, os depósitos e pagamentos de prêmios são feitos com a abertura de uma conta corrente aqui, o que é permitido, mas o registro da aposta é feito no exterior. Perde-se assim, uma importante receita de impostos que poderia ser cobrada, além dos negócios que não estão sendo feitos em nosso país, sem gerar renda ou empregos. Vale lembrar que no Brasil são permitidos apenas jogos controlados pela Caixa Econômica Federal, como por exemplo, a Mega Sena.

“Azarões” são mais comuns em eSports

Uma das vantagens das apostas em eSports é o fato de que aqui os "azarões" têm muito mais chances de vencer do que em esportes tradicionais. Isso significa que os apostadores têm muito mais possibilidades de vencer a casa de apostas. Isso acontece porque, segundo estatísticas, as casas de apostas encontram dificuldades significativas para definir cotações para torneios em andamento, pois é muito mais difícil prever as vitórias esperadas. Obviamente, isso se aplica aos jogadores que são bem versados nas características e realidades de uma determinada disciplina de eSports.

Observando as altas taxas de crescimento da indústria de esportes eletrônicos, as casas de apostas estão percebendo que os eSports já são uma realidade que veio para ficar e trarão mais lucros no futuro próximo, tanto para as casas de apostas, quanto para os apostadores que trabalham e se dedicam ao estudo das probabilidades.



...
Josué Ramos conseguiu lucrar mais de R$ 1 milhão em 2020 na bolsa de apostas Betfair