Brasil quebra dois recordes mundiais militares no atletismo 

Rio de Janeiro - Duas atletas brasileiras quebraram recordes mundiais militares, nas pistas do Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, na manhã de hoje (21). Nas semifinais femininas dos 100 metros rasos, Ana Silva fechou a prova em 11s28 e quebrou o recorde anterior, de 11s41, conquistado pela russa Ekaterina Leshcheva em 1999.

Já Geisa Coutinho bateu o recorde que outra russa, Irina Rosikhina, mantinha também desde 1999. A brasileira terminou a semifinal dos 400 metros feminino em 52s03, derrubando a marca anterior, que era de 52s46.

Ana Silva disputa a final dos 100 metros rasos às 17h45, junto com Franciela Krasucki, que também se classificou na semifinal da manhã. Já Geisa Coutinho disputa a final de sua prova amanhã, às 11h30, junto com Jailma Lima, que também se classificou nas semifinais de hoje.

Na final do salto triplo masculino hoje, o brasileiro Jefferson Sabino conquistou o ouro, com a marca de 16,89 metros. O Brasil ainda disputará as finais do salto triplo feminino, com Keyla Costa e Vanessa Seles, às 16h20, dos 100 metros masculinos, com André, às 16h45, e do revezamento 4x400 metros feminino, às 19h05.