Ônibus argentino com peregrinos é barrado na fronteira

Um ônibus argentino que levava peregrinos para ver o papa Francisco no Rio de Janeiro foi impedido de entrar no Brasil por falta de banheiro. De acordo com a legislação, para viagem acima de quatro horas é preciso que o coletivo disponibilize banheiros para os passageiros.

Uma fonte do Comitê Organizador informou ao Terra que este foi apenas um dos problemas enfrentados pelos peregrinos no caminho para a Jornada Mundial da Juventude. De acordo com a assessoria da Policia Rodoviária Federal, foram 52 ônibus impedidos de chegar ao Rio desde sábado, quando começou a operação nas estradas, sendo 38 deles brasileiros. A assessoria, porém, ainda não soube detalhar caso a caso e nem a origem dos ônibus estrangeiros, mas confirmou que a maioria veio da Argentina.

Falta de banheiro ou de condições de higiene são dois aspectos de vários observados pelos agentes de PRF para multar ou mandar voltar ônibus que tentam chegar ao Rio. A operação começa na fronteira e tem barreiras nas divisas de cada Estado. Até a manhã desta segunda-feira, 4.960 ônibus haviam sido fiscalizados e 1.570 multados por falta de documentação obrigatória.