Qualidade da água será fiscalizada na Jornada Mundial da Juventude

O Ministério da Saúde vai monitorar a qualidade da água consumida no Campus Fidei, em Guaratiba, na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro, durante a Jornada Mundial da Juventude. O local será usado como ponto de vigilância e missa campal nos dois últimos dias da JMJ (dias 27 e 28), com a presença do papa Francisco.

Segundo o diretor do Departamento de Vigilância Ambiental do Ministério da Saúde, Guilherme Franco Netto, o monitoramento será feito permanentemente por dois laboratórios móveis da Fundação Nacional da Saúde (Funasa).

Ele explicou que equipes da vigilância sanitária também farão fiscalizações em hotéis, bares e restaurantes, nas áreas de Guaratiba e Copacabana, na zona sul da cidade, para verificar a qualidade dos alimentos oferecidos aos participantes da Jornada Mundial da Juventude.