Jornal do Brasil

A Sua Saúde - JBlog - Jornal do Brasil

Você Sabia que Exercícios Regulares podem Prevenir o Câncer?

Por

Macaque in the trees
jblog (Foto: sua saude)

Um estudo recente de um grupo grande e diversificado de pessoas apoia a ideia de que estar fisicamente em forma pode ajudar a proteger contra o câncer.

Pesquisadores da Escola de Medicina Johns Hopkins, em Baltimore, perceberam que os adultos mais aptos tinham o menor risco de câncer de pulmão e colorretal.

A análise também vinculou sobrevida para os pacientes mais saudáveis, os quais já tinham desenvolvido câncer de pulmão ou colorretal.

O estudo utilizou dados de 49.143 pacientes do sistema de saúde que haviam sido submetidos a testes de aptidão física entre 1991 e 2009.

Cerca de meio milhão de pessoas que vivem nos Estados Unidos hoje, receberam um diagnóstico de câncer de pulmão em algum momento de suas vidas, de acordo com dados publicados pela American Lung Association.

Macaque in the trees
jblog (Foto: sua saude)

De acordo com os números de 2016, as mortes pela doença caíram 6,5% desde o pico em 2005. No entanto, o câncer de pulmão continua sendo a principal causa de mortes por câncer nos EUA.

Estimativas sugerem que o câncer de pulmão causou 154.050 mortes nos EUA em 2018, o que representa cerca de 25% de todas as mortes por câncer.

A American Cancer Society (ACS) afirma que o câncer colorretal é a terceira causa mais comum de mortes por câncer nos EUA.

A ACS estima que cerca de 145.600 pessoas nos EUA receberão um diagnóstico de câncer colorretal em 2019, e que a doença será responsável por 51.020 mortes.

A aptidão cardiorrespiratória oferece uma maneira objetiva de avaliar a "atividade física habitual" das pessoas. Também é uma medida útil para diagnosticar e prever a saúde.

A maioria das pessoas pode melhorar sua aptidão cardiorrespiratória com exercícios regulares. Além disso, há "evidências convincentes" de que níveis moderados e altos de condicionamento físico podem reduzir o risco de morte de homens e mulheres por todas as causas cardiovasculares.

Aptidão relacionada ao menor risco:

Macaque in the trees
jblog (Foto: sua saude)

Os participantes do estudo, com idade entre 40 e 70 anos, não tiveram câncer quando foram submetidos a avaliações de condicionamento físico.

Os pesquisadores descobriram que os indivíduos mais aptos fisicamente, tiveram um risco 77% menor de desenvolver câncer de pulmão e 61% reduziram o risco de desenvolver câncer colorretal em comparação aos menos aptos.

Em suas análises, os pesquisadores ajustaram os resultados para remover os efeitos que outros fatores, como sexo, raça, idade, índice de massa corporal, diabetes e tabagismo.

Os resultados também revelaram, que entre os indivíduos diagnosticados com câncer de pulmão ou câncer colorretal, aqueles com o mais alto nível de aptidão cardiorrespiratória tiveram um risco reduzido de morrer durante o acompanhamento de 44% e 89%, respectivamente.

Os autores concluem que, no que eles acreditam ser o "maior estudo realizado até hoje", níveis mais altos de aptidão cardiorrespiratória estavam "associados a um menor risco de câncer incidental de pulmão e colorretal em homens e mulheres, e um risco menor de causar mortalidade entre aqueles diagnosticados com câncer de pulmão ou colorretal ".

Macaque in the trees
jblog (Foto: sua saude)

Se previna do câncer e doenças cardiovasculares praticando exercícios físicos regulares.

Para mais informações fale com o seu médico.

Fonte: MEDICALNEWSTODAY.