Rachel Almeida: De bandeja

A cozinha peruana, ontem e hoje

O charmoso Intihuasi, no Flamengo, tem cardápio extenso, com mistura dos temperos do país

O restaurante peruano Intihuasi (casa do sol, no dialeto indígena quíchua) tem muitas vantagens – uma delas é estar a uns 50 passos da minha casa. Assim, anteontem, eu fui a pé até lá, encontrar um amigo para botar o papo em dia. A conversa foi regada a pisco sauer (pisco, que é a aguardente de uvas fermentadas, suco de limão, açúcar e clara, a R$ 13),  a bebida tradicional do país. O menu da casa, comandada pela simpática chef Margarita Sayan Pinto, é versátil, combinando os hábitos gastronômicos de seu povo e a nova cozinha andina. De entrada, optamos pelo cebiche de pescado (pedaços de filé de linguado ou robalo marinado ao limão, ají peruano e cebola roxa, acompanhados de milho verde e batata doce, a R$ 37). Entre os pratos principais, fiquei com o saboroso camarones con miel de naranja (camarões graúdos empanados com quinua cobertos com  molho de laranja, acompanhados de arroz com nozes e passas, a R$ 53). 

Meu amigo optou pelo cordero al horno (fatias de pernil de cordeiro ao forno, com molho especial, com batata noisette, arroz e salada de quinua, R$ 47). De outras visitas à casa (afinal, moro ali ao lado), recomendo o arroz con patocon pollo (peito de pato  cozido com coentro na cerveja escura e temperos peruanos, com arroz, ervilhas e cenoura,  R$ 53) e o preferido da minha irmã,  quinoto raymi (risoto ao açafrão com quinua, camarões, champignons e queijo,  R$ 39). O cardápio de sobremesas também é interessante, e inclui doces como o Don Miguel (sorvete de chocolate de Cuzco com dose de pisco e nozes, R$ 15).  

Rua Barão do Flamengo, 35-D. Tel.: 2225-7653. 3ª a 5ª, das 12h30 às 15h e das 19h às 23h. 6ª e sáb., das 12h30 às 16h e das 19h à 0h. Dom., das 12h30 às 17h. Capacidade: 30 lugares.

O sabor da tradição lusitana

A Deli 43-Pavelka, tradicional por seus saborosos croquetes e sanduíches de linguiça, agora acrescenta gostosuras no cardápio: a linha de doces portugueses. Fique de olho no  rocambole de laranja (R$ 5,90), pastel de nata (R$ 4,90), além de  opções mais raras, como o Dom Rodrigo (R$ 5,90), feito com ovos e amêndoas e decorado com fios de ovos, da região do Algarve. www.deli43.com.br. O Umas & Ostras, na Tijuca, também investe nas sobremesas da terrinha. Entre as opções, estão os ovos-moles de Aveiro (R$ 7), pastel Santa Clara e o toucinho do céu (ambos a R$ 7,50). www.umaseostras.com.br.

As regras para a alimentação  pura

O charmoso Felice, no Rio Design Leblon, abre, a partir deste mês, o cardápio para a culinária kasher, com supervisão do  rabino Eliahu Kaprow, do Beit Lubavitch – Rio de Janeiro. Todas as segundas-feiras à noite, a cozinha será fechada para que os pratos sejam preparados de acordo com a milenar lei judaica de alimentação – a Kashrut,  sinônimo de pureza para os judeus.  O menu, elaborado pela chef Bárbara Castro, reúne pratos como  a salada de cuscuz com frango grelhado (na foto, a R$ 42) e sobremesas como os figos caramelados (R$ 15). 

Av. Ataulfo de Paiva, 270, quiosque 1 (Rio Design Leblon).  Tel.:2249-9361. Todas as segundas, a partir das 20h.

Fique de olho

Mês da lagosta Se uma espiadinha na foto acima já o deixa com água na boca, a dica é não faltar à temporada de lagosta, que o restaurante Milano Doc, em Ipanema, relança este mês.  O chef da casa, Gino Solimena, preparou a lagosta al forno grelhada com salada Milano Doc ou batatas ao forno.  Até o dia 30, os clientes poderão saborear um menu exclusivo a R$ 69,50 com direito a entrada, prato principal e uma taça de prosecco. Em Ipanema, tel.: 2522-0303. 

Batatas sortidas – Quem gosta dos hot dogs do Andy’s, no Leblon (tel.: 2249-0370), pode agora provar os sabores campeões de vendas do sanduíche em versões de batata frita: Astoria Fries (bacon e cheddar), Chili Fries (molho chili e cheddar) e House Fries (maionese artesanal e páprica). Custa R$ 11,80, cada.