O verão de Shakespeare

Umas das que não escondem a empolgação é Cláudia Alencar , que dá voz à Titânia, a rainha das fadas.

– Já tinha ouvido falar nesse evento sobre Shakespeare que movimenta Nova York, mas acho que independentemente do sucesso de lá, o que fazemos aqui é diferente: vamos abrasileirar algumas dessas histórias – explica Cláudia. – Estou extasiada de representar uma rainha, brincar com a magia, o que está no imaginário de toda mulher.

Para a atriz, a personagem de So nho de uma noite de verão também fala sobre os problemas ambientais pelos quais passamos hoje.

– Ela tem uma discussão com Oberon e, quando isso ocorre, eles afetam o tempo – acrescenta. – E o que acontece hoje quando o ser humano briga com a natureza? As estações se confundem, tudo se altera.

Como o perturbado príncipe da Dinarmaca, Alexandre Barillari também interpreta Shakespeare pela primeira vez, mas que ninguém ache que falta a ele intimidade com o inglês. O ator já fez a análise sintática dos sete solilóquios de Hamlet e estudou quase todas as 39 peças do inglês em tertúlias literárias. Se você deixar, é capaz de ficar horas falando sobre o assunto.

– Há muitos anos, ele é meu parceiro de vida, é alguém com quem tenho um relacionamento diário – frisa Barillari, que, claro, optou por viver Hamlet no projeto. – É o papel sobre o qual eu teria mais domínio. Mas como diz o grande estudioso de Shakespeare, Harold Bloom, a gente só vai chegar à verdade do personagem quando esquecer a ideia de acertar.