Heloisa Tolipan

A nova musa da Brahma Com o clima propenso a se servir uma cerveja gelada, a equipe responsável pelo sucesso do Camarote da Brahma foi ao hotel Santa Teresa, anteontem, para apresentar as novidades para o carnaval 2011, que prometem fazer jus a seu título de Camarote Número 1. Sob o sereno ambiente onde foram acolhidos os caprichos da diva Amy Winehouse, a equipe contou que o tema deste ano será Vou morrer de saudade , que faz um apanhado de momentos marcantes desses 21 anos de vida do espaço ilustre na Sapucaí. Mas isso seria um indício que o espaço vai acabar? “Não há como acabar com esse ícone do Carnaval, já faz parte do pacote turístico do Rio. É, apenas, o fim do formato atual. Ele voltará com um novo modelo, aguardem”, esclareceu o secretário de turismo, An tônio Pedro Figueira de Mello .

Para coroar a festa, faltava o nome de uma grande rainha. E quem seria? Era a pergunta repetida pelos jornalistas que comiam as trufas e pastinhas no coquetel, antes do anúncio. “Todo o ano eu convidava essa pessoa, desde o dia em que a vi, em frente a nosso camarote, como madrinha de bateria. Ela sambava como uma obra de arte e tem o DNA do Carnaval”, justificou o empresário José Vitor Olivar , responsável pela organização do Camarote Número 1. Neste momento, adentra a sala Luma de Oliveira , deixando o rastro de seu perfume Paris (comentadíssimo!) por onde passava. Logo que pegou o microfone, a musa já brincou com os fotógrafos sempre alertas aos flagras proporcionados por seus vestidos curtos: “Vou ficar de pé, tudo bem? Acho melhor”. Sobre o espaço na Sapucaí, comentou: “Quando estava na Viradouro, em muitos desfiles das campeãs, combinava com mestre Ciça de pararmos em frente ao Camarote da Brahma por um tempinho.

Além de ter amigos ali, todos eram sempre muito animados”.

Já que comentamos sobre o modelito da musa, não poderíamos esquecer que as blusas deste ano serão assinadas pelo estilista francês Christian Audigier , que, fazendo uma mistureba de idiomas, não escondeu seu encanto pelo nosso ziriguidum : “Gosto de ver como o carioca vive sua vida e como se veste.

Tudo aqui é uma inspiração para mim.

E foi baseada nessa parte do Brasil que pensei a camiseta da Brahma, essa marca conhecida mundialmente”. Para quem não sabe, Christian é um desginer bilionário, dono da marca Ed Hardy, entre outras. Pelo visto, mesmo com a lista de convidados ainda guardada a sete chaves, o camarote da cerveja vai dar o que falar mais uma vez...