Heloisa Tolipan

NEON São Paulo Fashion Week Por mais famosas que sejam as celebridades que desfilam na SPFW, todo mundo sempre quer assistir ao desfile da Neon para sair sorrindo. “É ótimo poder fazer um trabalho que alegra as pessoas. O grande segredo é ser feliz e acreditar no seu trabalho”, nos disse o estilista Dudu Bertholini . Para evitar uma super lotação da sala, a marca abusou de ser chique e fez dois desfiles: um só para a imprensa e outro para convidados. E, na boca de cena com uma escadaria luxuosa, o desfile foi dividido em duas partes para mostrar a mulher da Neon, seja a sexy ou a étnica. “Acho que essas duas mulheres sempre estiveram na Neon, e, nessa coleção, nós quisemos homenageá-las”, contou o estilista. Primeiro, moças que abusam de todo o sex-appeal que o bocão vermelho e os comprimentos mini podem trazer. Depois, foi a vez da força étnica entrar com a modelo Malana , queridinha de Dudu desde que participou do Brazil’s Next Top Model, em um maiô estampado e mãos safadinhas pintadas nos seios com ar de Timbalada. “A Malana é fantástica, ela cresceu comigo! A mulher da Neon é real, é vivida, não pode ser uma new face de alma. Por isso que eu gosto de apostar em mulheres de verdade, como a Mayana Moura , a Marina Dias e a própria Malana”, pontuou Dudu. É claro que nós fomos falar com a Malana para sabermos mais da relação dela com a marca... “Eu sou muito amiga do Dudu e da Rita ( Comparato ). O que eu acho mais legal é que eles conseguem se mostrar nas criações. A Neon tem a cara deles”, nos disse ela, que está sempre nos desfiles da dupla. “Acho que a mulher da Neon tem que ter força e, modéstia à parte, eu me encaixo nela”.

É, Malana, depois do maiô fio dental que você desfilou para o Verão de 2009 de Dudu e Rita, não podemos duvidar de sua força e coragem.