Governo fala em aperfeiçoar o projeto

A Secretaria Estadual de Cultura justifica o atraso: – Foi devido ao aperfeiçoamento dos detalhamentos técnicos do projeto. O imóvel que ocupava o terreno foi demolido de forma sustentável, com testes, sondagens e detalhamentos dos projetos de fundações e estruturas – informou a assessoria de imprensa do órgão. – Equipes de arquitetura, museografia e conteúdo concluem o projeto executivo. A museografia está avançada, os acervos digitalizados e o novo MIS tem perfil definido: será o museu da identidade carioca”.

A Fundação Roberto Marinho não se pronunciou.