Pag. 19 - A ampulheta atômica

Autoridade iraniana provoca potências uma semana antes da nova rodada de negociações sobre programa nuclear U ma semana antes de retomar diálogo nuclear com as principais potências mundiais, um alto funcionário iraniano disse que a validade da proposta iraniana de mandar material nuclear para o exterior em troca de urânio enriquecido está acabando. A proposta foi feita em 2009.

Os comentários do embaixador do Irã na Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Ali Asghar Soltanieh, levantam um debate mais amplo sobre as intenções nucleares iranianas. Teerã afirma que seu programa é para fins pacíficos, permitido por acordos internacionais dos quais o país é signatário. Porém, o países ocidentais temem que o principal objetivo do Irã seja construir armas nucleares que poderiam perturbar o equilíbrio no Oriente Médio.

Pelas declarações, não ficou claro se Soltanieh tem a intenção de ceder ou aumentar seu cacife quando as negociações recomeçarem.