Pag. 10 - Informe JB

O MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL, a pedido da presidente Dilma Rousseff, prepara ação de emergência amanhã na Região Serrana do Rio, que sofre com as chuvas de verão e os já tradicionais desabamentos de encostas. O secretário executivo da pasta, Rômulo Paes, e o assessor especial do ministério, Onaur Ruano, vão levar equipe e sobrevoar Teresópolis, Nova Friburgo e Petrópolis.

O grupo vai adiantar pagamento de Bolsa Família para os beneficiários vítimas das chuvas e deve fazer novos cadastramentos. A presidente da República pode aparecer também em sobrevoo na região.

Bolsa Família para as vítimas das chuvas no Rio Eu, hein!? Oito deputados da Câmara Distrital de Brasília pretendem aprovar uma lei que obriga o governo do DF a contratar apenas “fichas limpas” para o primeiro e segundo escalões.

Tá bom Quem encabeça a proposição é a distrital Eliane Pedrosa, veterana deputada citada nas denúncias do mensalão do DEM. Sem lousa Com 3 mil alunos sem ter onde estudar, o governo do Distrito Federal terá que alugar salas em galerias comerciais e centros empresariais para suprir a falta de escolas para fevereiro.

Daily Digital O The Daily Digital, apenas para tablets , será lançado com pompa em São Francisco (EUA) na quarta. Rupert Murdoch e Steve Jobs são os donos.

Eu e você O prefeito de Nova Serrana, Paulo Freitas, presidente do PDT estadual, emplacou a mulher na liderança do partido na Assembleia Legislativa: a “técnica” Graziella Pereira.

Ter$ceira idade Aposentados poderão ser isentos do pagamento de IPTU e ITBI (Imposto de Transmissão de Bens) em Porto Alegre. Projeto de lei vai a votação. Samba dos sentidos A prefeitura paulistana dá bom exemplo. Levará à avenida no Carnaval 45 deficientes visuais. Uma semana antes, eles acompanham os ensaios. Maquetes especiais dos carros alegóricos serão preparados.

Boletim de TV Os boletins de TV do Informe JB voltam amanhã. Elo da beleza A bela Florianópolis vai ganhar mais uma ligação entre o continente e a ilha, o Eixo-Norte. O governador Raimundo Colombo (DEM) e o prefeito da capital, Dario Berger, estudam dois projetos já esboçados: uma ponte estaiada ou um túnel.

Por cima e por baixo Os custos das obras serão de R$ 590 milhões, para um túnel, ou R$ 780 milhões para a ponte.