Senado da Argentina rejeita projeto para legalizar aborto

O Senado argentino rejeitou, nesta quinta-feira (9), um projeto para legalizar o aborto, com 38 votos contra a iniciativa, 31 a favor e duas abstenções - informou a presidente da Câmara, Gabriela Michetti.

A proposta havia sido aprovada em primeiro debate pela Câmara dos Deputados, mas precisava da ratificação do Senado para virar lei.