Onda de violência deixa 5 mortos e dezenas de feridos em Chicago

Cinco pessoas morreram e 40 ficaram feridas em vários tiroteios no domingo em Chicago, em uma onda de violência que a polícia da cidade americana chamou de "totalmente inaceitável".

Um menino de 11 anos está entre os feridos. O comandante de patrulhas da polícia da cidade, Fred Waller, informou que alguns tiroteios estavam relacionados com os conflitos entre gangues.

Moradores ouviram diversos tiroteios durante a madrugada de sábado para domingo.

Os tiros tiveram como alvos diversos grupos de pessoas, incluindo algumas que participavam em um funeral, segundo a polícia.

Chicago registrou em 2016 o índice de mortes violentas mais elevado em quase 20 anos. Waller, no entanto, informou que este ano no número de tiroteios caiu 30% e o número de assassinatos 25%.

As autoridades apreenderam mais de 5.500 armas ilegais nas ruas da cidade, segundo o policial.