Atentado contra mesquita xiita no Afeganistão deixa quatro mortos

Um atentado contra uma mesquita xiita no momento da oração nesta sexta-feira em Gardez, leste do Afeganistão, deixou pelo menos quatro mortos e 60 feridos, anunciaram as autoridades locais, que temem um aumento do número de vítimas fatais.

"Recebemos 60 peregrinos feridos e quatro mortos no hospital civil de Gardez. O balanço pode aumentar", declarou à AFP o médico Wilayat Khan Ahmadzai, diretor da secretaria de Saúde da província de Paktia.

"A explosão aconteceu no momento da oração. Dois homens-bomba detonaram suas cargas dentro da mesquita", disse o comandante da polícia provincial, general Raz Mohammad Mandozai.

Há dois anos a minoria xiita do Afeganistão é alvo frequente dos atentados reivindicados ou atribuídos ao grupo extremista Estado Islâmico (EI).

str-ach/jhd/pb/es/fp