Voo Paris-Pequim vítima de um alerta de terrorismo falso (autoridades francesas)

O voo da Air China que fazia o trajeto Paris-Pequim e retornou nesta quinta-feira 30 minutos após a decolagem, foi vítima de um falso alerta devido a um mal-entendido, explicaram à AFP as autoridades francesas.

"Um passageiro atrasado por um pacote abandonado no aeroporto (parisiense) Roissy ligou para a companhia dizendo que havia uma bomba no terminal e seu interlocutor entendeu que havia uma bomba a bordo do avião", informou a autoridade aeroportuária de Paris.

Uma investigação foi aberta pela Promotoria e este homem, um australiano de acordo com uma fonte próxima à investigação, foi colocado sob custódia.

sab-grd/lv/sg/mr