Petróleo fecha em alta

Os preços do petróleo fecharam em alta nesta quinta-feira depois que a Arábia Saudita, maior exportadora mundial de petróleo bruto, suspendeu "temporariamente" seus envios pelo Mar Vermelho depois do ataque de rebeldes do Iêmen.

Em Londres, o barril de Brent del Mar do Norte para entrega em setembro subiu 61 centavos, a 74,54 dólares no Intercontinental Exchange (ICE).

Na Bolsa de Nova York (Nymex), um barril de 'light sweet" (WTI) para entrega no mesmo prazo subiu 38 centavos, a 69,61 dólares.

"Os operadores do mercado estão inquietos diante dos anúncios de Riad sobre a suspensão de suas exportações, que poderão desatar respostas de seus vizinhos ou dos Estados Unidos, afirmou John Kilduff, da empresa especializada Again Capital.

A Arábia Saudita decidiu suspender suas exportações de petróleo através do estratégico estreito de Bab el-Mandeb, depois que rebeldes do Iêmen atacaram duas companhias sauditas no Mar Vermelho, "até (...) que o tráfego marítimo seja seguro", afirmou o ministro de energia Khaled al-Faleh em um comunicado.

js-jum/alb/jbg/yow/cc