Síria denuncia retirada 'criminosa' de capacetes brancos por parte de Israel

As autoridades de Damasco denunciaram, nesta segunda-feira (23), uma "operação criminosa" depois de Israel retirar um contingente de capacetes brancos e suas famílias do sul da Síria - informou a agência oficial de notícias Sana.

"As palavras não bastam para expressar a ira de todos os sírios diante desses complôs desprezíveis e desse apoio sem limite dados pelos países ocidentais, Israel e Jordânia à organização dos Capacetes Brancos", afirma uma fonte do Ministério sírio das Relações Exteriores, citado pela Sana.

Israel anunciou no domingo ter evacuado para a Jordânia socorristas dos capacetes brancos e suas famílias, uma operação executada com grande sigilo, por iniciativa de vários países ocidentais, como Grã-Bretanha, Alemanha e Canadá.

tgg/mer/ra/zm/tt