Britânico envenenado com Novichok recebe alta hospitalar

Charlie Rowley, um dos dois britânicos envenenados com Novichok, deixou o hospital de Salisbury (sudoeste da Inglaterra), onde estava internado desde 30 de junho, anunciou o estabelecimento médico nesta sexta-feira.

"Estou contente em poder confirmar que Charlie Rowley deixou o hospital hoje mais cedo" depois de ter vivido "uma experiência terrível", declarou Lorna Wilkinson, chefe do serviço de enfermagem do hospital de Salisbury, em um comunicado.

pau/fb/bds/mr