Número de mortos em ataque no Paquistão sobe para 128

Ao menos 128 pessoas morreram e 200 ficaram feridas em um atentado suicida nesta sexta-feira (13), em um comício eleitoral na província de Baluchistão, no Paquistão, que terá eleições gerais no próximo dia 25 de julho.   

Segundo a primeira reconstrução, o terrorista chegou de bicicleta ao evento, que reunia cerca de mil pessoas, e explodiu o próprio corpo. Uma das vítimas seria o islâmico Nawabzada Siraj Raisani, líder de um partido do Baluchistão, mas sua morte ainda não foi confirmada oficialmente. O atentado foi reivindicado pelo Estado Islâmico (EI), por meio de sua agência de propaganda, a Amaq. Na última terça-feira (10), 21 pessoas já haviam morrido em um comício de Haroon Bilour, líder do Partido Nacional Popular, em Peshawar.