Papa aceita renúncia do arcebispo de Caracas

O papa Francisco aceitou a renúncia do cardeal Jorge Urosa Savino como arcebispo de Caracas e designou o cardeal Baltazar Porras Cardozo, arcebispo de Mérida, para que o substitua de forma provisória, informou nesta segunda-feira a assessoria de imprensa do Vaticano.

Urosa Savino, como é a norma da Igreja, apresentou sua renúncia ao chegar aos 75 anos, idade de aposentadoria.

O cardeal se encarregará do governo pastoral da Igreja de Caracas como administrador apostólico "ad nutum Sanctae Sedis", expressão que indica que permanecerá no cargo até que a Santa Sé designe o novo prelado.

Em várias ocasiões, o papa manifestou sua preocupação com a situação na Venezuela e, em janeiro passado, em uma reunião com todo o corpo diplomático creditado no Vaticano, falou da "dramática crise que o país atravessa".

A Igreja venezuelana tem sido muito crítica em relação às políticas do governo de Nicolás Maduro e pede diálogo para que "sejam encontrados caminhos justos e pacíficos" para o país sair da crise.

kv/pb/cn