Petróleo fecha sem direção em mercado inquieto com oferta

O petróleo caiu em Londres e avançou em Nova York nesta sexta-feira em um mercado inquieto pelo temor com as consequências da guerra comercial sino-americana e pelo futuro das exportações iranianas.

O barril de Brent do Mar do Norte para entrega em setembro fechou a 77,11 dólares em Londres, recuando 28 centavos.

Já o barril de "light sweet crude" (WTI) para agosto ganhou 86 centavos em Nova York, a 73,80 dólares.

Estados Unidos e China engrenaram em uma guerra comercial impondo-se reciprocamente tarifas aduaneiras e o mercado se preocupa com o efeito que esse conflito terá na demanda.

"Pareceria que finalmente a curto prazo isso teria poucas consequências", disse Phil Flynn, do Price Futures Group.

Os preços poderiam subir se o furacão Beryl, esperado nos próximos dias no Golfo do México, prejudicar a exploração petroleira na área rica e hidrocarbonetos.

"A oferta mundial de petróleo já está muito ajustada, se houver guerra comercial ou não", disse Flynn.

Os preços já tinham caído no começo da sessão, quando europeus, Rússia e China afirmaram sua vontade de permitir que o Irã continue exportando petróleo e gás.

Washington demandou ao mundo que deixe de se abastecer no Irã a partir de novembro, depois que a Casa Branca voltou a impor sanções sobre Teerã por seu programa nuclear.

bur-alb/jld/elm/gm/ll