Imperador Akihito cancela agenda por anemia cerebral

Akihito, de 84 anos, passou mal e precisará repousar

O imperador japonês Akihito, de 84 anos, sofreu uma anemia cerebral e deverá se manter em repouso, anunciou o governo de Tóquio nesta segunda-feira (2). A agenda de compromissos foi cancelada.

"Sua Majestade, o imperador Akihito, sentiu-se repentinamente mal, às 4h da manhã (18h de domingo em Brasília), vítima de náuseas, tonturas e uma sudorese excessiva provocados por uma anemia cerebral", declarou o chefe de gabinete Yoshihide Suga. Akihito, 125º imperador do Japão, reina desde janeiro de 1989.

Ele deve deixar o cargo em abril de 2019, em virtude de uma lei especial que o autoriza a abdicar.