Criminoso escapa de presídio francês de helicóptero

O criminoso Redoine Faïd escapou de helicóptero da prisão onde estava detido perto de Paris, na manhã deste domingo (1), em uma operação de durou poucos minutos e não deixou feridos nem reféns, informou a administração penitenciária.

Faïd, que já integrou a lista dos mais procurados da França, estava preso no presídio central da cidade de Réau, no departamento de Seine-et-Marne, no sudeste de Paris.

Durante sua fuga teve a ajuda de homens "fortemente armados", afirmou uma fonte próxima à investigação.

Redoine Faïd já tinha tinha fugido da prisão de Lille-Séquedin, no norte da França, em 2013.

A fonte acrescentou que a fuga foi feita "de helicóptero com três cúmplices".

"O helicóptero foi encontrado" na comuna de Gonesse, a cerca de 60 quilômetros da prisão, e "um dispositivo de buscas foi ativado em toda a região".

A aeronave tinha decolado da comuna de Bourget, também nos arredores de Paris.

A polícia judiciária está encarregada do caso e "todos os meios foram mobilizados para localizar o fugitivo", indicou uma fonte do Ministério do Interior francês.

As unidades territoriais da polícia e da gendarmeria "foram imediatamente alertadas" e "dispositivos coordenados de controle e captura foram aplicados, levando em conta a periculosidade do fugitivo e seus possíveis cúmplices".

Redoine Faïd, de 46 anos, tinha sido condenado a 25 anos de prisão por uma tentativa de assalto que custou a vida de uma policial municipal, Aurélie Fouquet.

Ele foi condenado duas vezes em 2017: a 10 anos da reclusão por sua fuga em 2013, e a 18 anos pelo ataque a um furgão blindado no norte da França em 2011. Ele apelou das duas condenações.

evs-grd-kap-fmp/epe/lp/eg/age/ll