Atirador do jornal nos EUA queria matar o maior número de pessoas possível

O atirador que atacou na quinta-feira a redação de um jornal de Annapolis, Maryland, queria matar o maior número de pessoas possível, informou a polícia local nesta sexta-feira.

O suspeito, identificado nos autos judiciais como Jarrod Ramos, de 38 anos, usou uma escopeta comprada legalmente há cerca de um ano, acrescentou o chefe da polícia do condado de Anne Arundel, Timothy Altomare, falando à imprensa.

Ele se negou a falar o nome do atacante.

"Ele não merece que falemos dele um segundo mais", afirmou.

Altomare disse que a polícia identificou Ramos mediante técnicas de reconhecimento facial usando a base de dados de Maryland, já que o assassino esteve em contato com a polícia do condado no pasado.

Segundo contou, um agente da polícia visitou Ramos em maio de 2013 depois de ameaças feitas contra o Capital Gazette.

Altomare disse ainda que foram encontradas provas na casa do suspeito que "mostram que o planejamento do ataque".

A procuradoria anunciou que Ramos foi detido durante sua audiência de apresentação de acusação na manhã desta sexta. São cinco acusações formais de assassinatos.

bbk/ec/cn