May afirma que Brexit permitirá injetar bilhões na saúde pública

A primeira-ministra britânica, Theresa May, afirmou neste domingo (17) que a economia aos cofres públicos com o Brexit permitirá injetar bilhões de libras no serviço público de saúde, que está em crise.

May anunciou que, até 2024, o serviço de saúde pública receberá 20 bilhões de libras adicionais ao ano.

"Saindo da União Europeia e deixando de pagar importantes montantes a cada ano a Bruxelas, teremos mais dinheiro para dedicar a outras prioridades, como o NHS", o SUS britânico, disse em um artigo de opinião publicado pelo The Mail neste domingo.

"Mas, para dar ao NHS o financiamento que ele necessita para o futuro, os dividendos do Brexit não são suficientes", acrescentou May, que deve dar mais detalhes sobre seus planos nesta segunda-feira, em um discurso sobre o futuro do sistema de saúde pública, que completa 70 anos.

A imprensa britânica considerou uma alta de impostos e empréstimos.

Transferir os recursos poupados com a saída da UE para o NHS era um dos argumentos dos britânicos que defenderam a saída do bloco.

"O que anuncio significa que em 2023/2024 haverá 600 milhões de libras por semana, em dinheiro, para o NHS", afirmou May em entrevista à BBC.

pau/phv/pa/pc/ll