Justiça revoga liberdade condicional de ex-chefe de campanha de Trump

Um juiz federal de Washington revogou nesta sexta-feira a liberdade condicional do ex-chefe de campanha de Donald Trump, Paul Manafort, acusado de tentativa de suborno de testemunha na investigação russa.

Esta decisão representa uma vitória para o procurador especial Robert Mueller, que afirmou que a prisão de Manafort era necessária para que não pudesse influenciar as testemunhas de seu processo.

Manafort responderá na Justiça por lavagem de dinheiro, fraude fiscal e bancária e lobbying ilegal. Ele nega todas as acusações.

seb/vog/mr