Suspeito por ataque a tiros em escola nutre interesse por armas, diz amigo

Um policial identificou o suspeito pelo ataque a tiros em uma escola de Santa Fé, nos Estados Unidos, como Dimitrios Pagourtzis, de 17 anos. O policial deu a informação sob condição de anonimato. Pagourtzis é aluno da escola, onde joga no time de futebol. Ele também é membro de um grupo de dança da igreja Ortodoxa Grega local.

Tristen Patterson, de 16 anos, é estudante da mesma escola e diz considerar Pagourtzis amigo. Patterson afirmou que o garoto tem interesse por armas, mas nunca falou sobre matar pessoas. Ele disse que o colega não demonstrou sinais de ter sofrido bullying e raramente falava sobre si mesmo.