Ataque a tiros em escola do Texas deixa dez mortos e dez feridos

Dez mortos e dez feridos é o balanço até agora de um ataque a tiros realizado nesta sexta-feira em uma escola de ensino médio de Sante Fe, subúrbio de Houston, onde um estudante abriu fogo contra seus colegas, informou o governador do estado do Texas.

"É com enorme pesar que posso confirmar que até agora dez vidas foram perdidas e outras dez (pessoas) ficaram feridas", disse o governador Greg Abbott em coletiva de imprensa.

Abbott acrescentou que o atirador usou uma espingarda e um revólver calibre 38 do pai, que possui as armas legalmente.  No carro e no quarto do atirador foram encontrados coquetéis molotov e outros explosivos.

Ainda não está claro se o pai do suspeito, de 17 anos, sabia que jovem tinha pegado as armas.

Abbott também disse que dispositivos explosivos, incluindo um coquetel molotov, foram encontrados na casa e no veículo do estudante, assim como dentro da escola e em seus arredores.

O governador falou ainda que outras pessoas possivelmente relacionadas com o ataque são ouvidas pelas autoridades.

Atirador planejava cometer suicídio

Dimitrios Pagourtzis planejava cometer suicídio após o tiroteio na escola Santa Fe, no Texas, segundo o governador Greg Abbott. No entanto, após o massacre, o jovem teria dito às autoridades que não tinha coragem de tirar a própria vida.

Com AFP e Estadão Conteúdo

bur-ec/sst/ad/yow/mvv