Ex-CEO da VW e outros 5 diretores são acusados nos EUA por 'dieselgate'

O ex-CEO da Volkswagen, Martin Winterkorn, foi considerado culpado, nos Estados Unidos, por seu papel no escândalo "dieselgate" da gigante automobilística alemã, segundo a Justiça.

Procuradores afirmam que Winterkorn sabia das manipulação de emissões da empresa desde maio de 2014, mas decidiu dar continuidade à fraude, segundo um comunicado do Departamento de Justiça.

dg/hs/ll