Canadá pressiona papa para que se desculpe com povos indígenas

Os deputados canadenses aprovaram nesta terça-feira por uma ampla maiora uma moção para pedir ao papa Francisco que se desculpe pessoalmente com as crianças indígenas canadenses que foram separadas de suas famílias e abusadas sexualmente em internatos católicos.

Com 260 votos a favor e 10 contra, a moção solicita que o papa cumpra uma das recomendações de 2015 da Comissão da Verdade e a Reconciliação de Canadá.

Os deputados pedem "as desculpas papais oficiais pelo papel desempenhado pela Igreja católica canadense no estabelecimento, as operações e os mal-tratos nos internatos".

O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeu, há um mês afirmou estar "muito decepcionado" pela falta de resposta da igreja.

mbr/sab/vog/dga/ll/cc