Premier da Malásia dissolve Parlamento e convoca legislativas

O primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, anunciou nesta sexta-feira a dissolução do Parlamento para convocar eleições legislativas, em meio ao escândalo financeiro que abala o país.

"Gostaria de informar à população que me reuni com o rei e pedi permissão para que o Parlamento seja dissolvido no dia 7 de abril", declarou Najib na TV estatal.

A comissão eleitoral deve anunciar nos próximos dias a data da eleição legislativa, que deve acontecer nas próximas semanas.

A coalizão liderada por Najib está no poder desde a independência, em 1957, desta antiga colônia britânica, mas tem perdido apoio diante do vasto escândalo de corrupção envolvendo o fundo soberano de desenvolvimento 1MDB, criado por Najib ao chegar ao poder, em 2009, para modernizar o país.

O fundo, com uma dívida de 10 bilhões de euros, está no centro de uma série de desvios de dinheiro investigados em diversos países, como Suíça, Cingapura e Estados Unidos.

Najib e 1MDB negam qualquer atitude ilegal relacionada ao fundo.

sr/bfi/lr