Criação de empregos desacelera nos EUA

A criação de empregos nos Estados Unidos desacelerou mais que o previsto em março depois do recorde de fevereiro, mas a taxa de desemprego se manteve em 4,1% pelo sexto mês consecutivo.

O departamento do Trabalho informou nesta sexta-feira que a economia americana criou 103.000 novos empregos em março contra os 175.000 que esperavam os analistas, que também projetavam uma queda da taxa de desemprego a 4%.

A desaceleração das contratatações provavelmente decepciona a Casa Branca, quando o presidente Donald Trump mantém um confronto com a China e outros sócios comerciais, o que alarma a comunidade empresarial e o Partido Republicano.

Dt/vog/yow/cn