Palestino morre em bombardeio israelense na fronteira com Gaza

Um palestino morreu em um bombardeio aéreo na quarta-feira à noite na fronteira com a Faixa de Gaza, anunciou o ministério da Saúde do território, na véspera de novas manifestações.

O ministério não revelou a identidade do palestino, que faleceu no hospital Shifa da cidade de Gaza, após um ataque aéreo.

O exército israelense anunciou que um de seus aviões realizou um ataque contra um armado perto da fronteira.

Um comunicado militar de Israel adverte que o país "não permitirá que se afete a segurança dos civis israelenses" e que o exército "continuará atuando contra terroristas envolvidos em atos de terror".

Os moradores de Gaza estão convocados a participar em novas manifestações ao final da oração de sexta-feira.

Na semana passada, 18 palestinos foram mortos por tiros durante protestos diante da cerca de fronteira entre Gaza e Israel.

O ministro israelense da Defesa, Avigdor Lieberman, advertiu que os palestinos que se aproximarem da fronteira "colocarão suas vidas em perigo".

O protesto palestino, seis semanas de manifestações ao longo da cerca de segurança entre Gaza e Israel, foi convocada pela sociedade civil para exigir o "direito de retorno" dos refugiados palestinos e denunciar o bloqueio imposto por Israel em Gaza.

jod-jlr/hj/me/erl/fp

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais