Trump admite que pode esperar eleições para aprovar projeto de infraestrutura

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira que talvez tenha de esperar as eleições legislativas deste ano para aprovar o investimento de US$ 1,5 trilhão em infraestrutura. Criticando o Partido Democrata por travar seus projetos, Trump prometeu reformar sistemas viários por meio da construção de pontes e estradas.

"Quase 40% das nossas pontes foram construídas antes do homem pisar na Lua. Nossas estradas estão entupidas, nosso sistema viário é uma bagunça", afirmou Trump. "Durante anos, gastamos milhões de dólares construindo outros países e deixamos o nosso de lado. Não mais".

Em visita a um centro de treinamento de operários em Richfield, Ohio, Trump aproveitou para listar as conquistas de seu governo, como a reformulação do acordo "horrível" de livre comércio com a Coreia do Sul e o passo dado em direção a uma conciliação com a Coreia do Norte.

"Lidamos com nossos aliados de forma incompetente. Finalmente estamos colocando a América em primeiro lugar", disse.

Num aparente comício, Trump se gabou de ter aprovado mais projetos do que havia prometido em campanha e comemorou o início da construção do muro na fronteira com o México, um de seus planos mais polêmicos.

Além disso, ele reforçou seu ponto de vista contra o combate ao Estado Islâmico, citando que os EUA já gastaram US$ 7 trilhões no Oriente Médio. "E o que ganhamos? Nada. Eu sempre disse para proteger o petróleo. Se tivéssemos protegido o petróleo, o Estado Islâmico não existiria, pois é isso que o mantém funcionando", reiterou. (Flavia Alemi - [email protected])