Polícia italiana descobre ossadas desaparecidas há 8 anos

Alguns dos restos mortais podem ser de imigrantes

A Guarda de Finanças de Macerata, na região central da Itália, descobriu nesta quarta-feira (28) uma ossada nos arredores de uma fazenda abandonada na cidade litorânea de Porto Recanati.

Os ossos humanos, entre eles fêmur, crânio, costelas e vértebras, foram encontrados durante uma patrulha de rotina dos agentes. De acordo com a polícia, cerca de 20 ossos, pertencentes a quatro ou cinco corpos, estavam enterrados em diversos pontos da área.

As autoridades acreditam que os fragmentos encontrados sejam de imigrantes. Entre as ossadas encontradas, uma em especial chamou a atenção da polícia. Os ossos e pertences achados dentro de um poço poderiam ser da jovem Cameyi Mossamet, uma imigrante de Bangladesh de apenas 15 anos, desaparecida desde maio de 2010.

Nesta quinta-feira (29), o Ministério Público de Macerata abriu um processo pela hipótese de assassinato e ocultação de cadáver.

Os ossos serão levados pelas autoridades para perícia.

A fazenda abandonada é muito próxima ao Hotel House, local onde mora mais de duas mil pessoas e que é centro de inúmeras investigações de tráfico de drogas.