Kim Jong-un diz estar pronto para celebrar cúpula com EUA

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, confirmou que o regime de Pyongyang está disposto a celebrar uma cúpula com Washington, durante conversas com o presidente chinês, Xi Jinping, em Pequim, noticiou nesta quarta-feira (27) a agência Nova China.

"A República Popular Democrática da Coreia está disposta a dialogar com os Estados Unidos e celebrar uma cúpula entre os dois países", destacou a fonte, citando declarações do líder norte-coreano durante visita à China, concluída nesta quarta-feira.

No começo deste mês, a Coreia do Sul informou que Kim havia se oferecido para se reunir com o presidente americano, Donald Trump, mas Pyongyang não confirmou, nem negou oficialmente a proposta de cúpula.

Em Pequim

Kim Jong-un se reuniu com o presidente chinês Xi Jinping. O encontro se deu nesta quarta-feira (noite de terça no Brasil). A informação é da agência de notícias Nova China. 

Esta é a primeira visita de Kim Jong-un ao exterior como chefe de Estado. De acordo com a agência chinesa, Kim reuniu-se com Xi Jinping em Pequim, onde o presidente ofereceu banquete de boas-vindas ao líder norte-coreano e sua esposa, Ri Sol Ju.

"Tive conversas bem sucedidas com o secretário-geral Xi Jinping sobre o desenvolvimento de relações entre as duas partes e os dois países, nossas respectivas situações domésticas, a manutenção da paz e da estabilidade na península coreana e outros temas", disse Kim durante o banquete. Ainda segundo a Nova China, o líder da Coreia do Norte garantiu que o pais está 'comprometido com a desnuclearização'.