Trump desiste de reforçar equipe jurídica do caso Rússia

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desistiu de contratar dois advogados para reforçar a equipe jurídica que o representa na investigação que apura a suposta ligação de membros da campanha dele com autoridades da Rússia.

Segundo Jay Sekulow, um dos advogados do presidente, os defensores Joseph diGenova e Victoria Toensing não se juntarão à equipe jurídica de Trump. Eles foram anunciados como parte do time que defende o republicano na semana passada.

A alegação de diGenova e Toensing é que eles defendem no mesmo processo outros acusados de conluio com os russos.

A saída da dupla de advogados deixa a equipe jurídica do presidente em desvantagem em um momento de alto risco. A defesa de Trump negocia um depoimento cara a cara entre o presidente e o conselheiro Robert Mueller, que lidera as investigações do caso. 

Fonte: Estadão Conteúdo (Dow Jones Newswires)