Aviões israelenses bombardeiam posições do Hamas em Gaza

Aviões israelenses bombardearam posições do movimento islamista Hamas em Gaza, na noite de sábado (24), depois que os palestinos fizeram uma incursão fronteiriça no sul de Israel - informou o Exército neste domingo (25).

"Aviões de combate da Força Aérea de Israel atacaram um alvo terrorista em um complexo militar pertencente à organização terrorista Hamas em Rafah, ao sul da Faixa de Gaza", disse a corporação em um comunicado.

Segundo uma fonte de segurança em Gaza, o bombardeio foi dirigido contra um braço armado do movimento islamita, as Brigadas Ezedin Al-Qasam, causando danos, mas sem deixar feridos.

O ataque contra o território do Hamas aconteceu depois que quatro palestinos que "carregavam garrafas cheias de material inflamável" ultrapassaram o muro da fronteira de Gaza no sábado à tarde, perto do kibutz de Kissufim, informou o jornal israelense "Haaretz", citando o Exército.

Uma porta-voz do Exército disse à AFP que os palestinos tentaram incendiar equipamentos pesados usados para trabalhar na barreira fronteiriça. Segundo ela, o maquinário sofreu alguns danos, mas nenhum deles pegou fogo. Os agressores fugiram para Gaza. Não há informações de vítimas.

"O incidente que aconteceu ontem (sábado) é um dos muitos incidentes graves que têm ocorrido na área do muro de segurança", disse o comunicado israelense