Candidato separatista fracassa em primeira votação para presidir Catalunha

O candidato separatista à presidência da Catalunha, Jordi Turull, fracassou nesta quinta-feira na primeira votação no Parlamento, devido à abstenção dos mais radicais partidários da secessão, o que estenderá a incerteza política nesta região do nordeste da Espanha.

Turull obteve 64 votos a favor, 65 contra e 4 abstenções, e dentro de dois dias deverá ser submetido a outra votação.

Jordi Turull, que precisa de maioria simples para ser eleito, nesta sexta-feira se apresentará a um juiz que poderá detê-lo preventivamente por seu envolvimento na fracassada tentativa de secessão, em outubro passado.