Oklahoma executará condenados a morte por inalação de nitrogêneo

O estado de Oklahoma anunciou nesta quarta-feira que irá executar seus condenados à morte por inalação forçada de nitrogênio, um método que jamais foi utilizado nos Estados Unidos.

"Optamos por este método, porque está claro que os estados em todo o país enfrentam grandes dificuldades para obter as substâncias para as injeções letais", explicou em entrevista coletiva Mike Hunter, o procurador-geral do conservador Oklahoma.

O problema, que existe há anos, se explica porque empresas farmacêuticas, principalmente europeias, têm se negado a entregar produtos letais às prisões americanas.

Alguns estados dos Estados Unidos ainda têm câmaras de gás para executar seus condenados, como alternativa da injeção letal. Desde 1976, 11 condenados foram executados desta forma, segundo o Centro de Informação sobre a Pena de Morte.

A inalação forçada de nitrogênio nunca foi usada. Este método, utilizado para o sacrifício de animais, provoca morte por hipóxia (escassez de oxigênio).