Ministro norte-coreano das Relações Exteriores chega à Suécia

O ministro das Relações Exteriores norte-coreano, Ri Yong Hose chegou à Suécia na quinta-feira (15) para dois dias de negociações que poderiam facilitar a anunciada cúpula entre Donald Trump e Kim Jong Un.

O ministro Ri Yong Ho chegou ao aeroporto de Estocolmo e imediatamente abandonou a área em um comboio de veículos diplomatas.

Ri encontrará com sua contraparte sueca, Margot Wallstrom, cujo país representa os interesses americanos no país, sobre a desnuclearização da península coreana, a possível cúpula de seus líderes e o destino de três americanos detidos na Coreia do Norte.

A Coreia do Norte e os Estados Unidos estudam a organização de uma histórica cúpula.

Segundo o ministério sueco, "as negociações se concentrarão no papel de potência protetora consular desempenhado pela Suécia para Estados Unidos, Canadá e Austrália" na Coreia do Norte.

Ri e Wallström falarão também "da situação de segurança na península coreana, tema que está na agenda do Conselho de Segurança (da ONU), do qual a Suécia é membro (não permanente) em 2017-2018", acrescenta.

Segundo o ministério, a visita de Ri também tem como objetivo "contribuir a aplicação das resoluções" votadas pelo Conselho de Segurança contra a Coreia do Norte por seu programa nuclear. Foi ressaltada ainda a "necessidade de intensificar os esforços diplomatas para encontrar uma solução pacífica para o conflito".

Ri está acompanhado por Choe Kang Il, diretor-geral adjunto do departamento América del Norte do ministério norte-coreano das Relações Exteriores, segundo a agência de imprensa sul-coreana Yonhap.