Paulo VI e monsenhor Óscar Romero serão canonizados em breve

O papa Francisco assinou os decretos que permitem a canonização em breve do papa Paulo VI (1963-1978) e do arcebispo salvadorenho Óscar Romero, um defensor dos pobres assassinado em 1980, anunciou nesta quarta-feira o Vaticano.

Os decretos assinados na terça-feira reconhecem milagres atribuídos à intercessão de Paulo VI e do monsenhor Romero, última etapa antes da elevação aos altares. 

O papa italiano foi beatificado em outubro de 2014 e o arcebispo salvadorenho em maio de 2015.

Paulo VI, cujo nome era Giovanni Battista Montini, nasceu em 1897.

De acordo com o site especializado Vatican Insider, o milagre que permitirá a canonização de Paulo VI envolve uma menina que nasceu de modo prematuro em 25 de dezembro de 2014, apesar da recomendação dos médicos para um aborto terapêutico.

Paulo VI foi muito criticado em 1968 por ter se pronunciado contra a pílula anticoncepcional.

O papa Francisco já canonizou João XXIII (1958-1963) e João Paulo II (1978-2005). E o processo para a beatificação de João Paulo I, que morreu 33 dias após sua eleição como pontífice em 1978, está em curso.

A data da canonização de Paulo VI ainda não foi divulgada, mas o cardeal Pietro Parolin, número dois do Vaticano, afirmou recentemente que aconteceria durante o encerramento do sínodo dedicado aos jovens, em outubro.

Nascido em 1917, Óscar Romero, descrito com um homem simples e próximo do povo, odiado pelos meios conservadores de El Salvador, foi assassinado em 23 de março de 1980 durante uma missa.

Sua morte teve um grande impacto na América Latina.

O assassinato do religioso marcou o início da guerra civil em seu país, que prosseguiu até 1992 e deixou 75.000 mortos e 7.000 desaparecidos.

A canonização constitui a declaração oficial de que uma pessoa falecida está no paraíso.

Para isto, o futuro santo deve ter realizado dois milagres, um para a beatificação (exceto se for considerado um mártir) e outro para a canonização, provas de sua proximidade com Deus.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais