França e Grã-Bretanha pedem reunião de urgência no Conselho por Síria

França e Grã-Bretanha solicitaram uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU para discutir o fracasso do cessar-fogo na Síria - disseram diplomatas nesta terça-feira (6).

Espera-se que o Conselho se reúna amanhã, quarta, para tratar dos ataques aéreos e dos confrontos no território sírio de Ghuta Oriental. Essa situação continua, apesar do cessar-fogo de um mês solicitado pelo órgão-executivo das Nações Unidas há dez dias.

Hoje, pelo menos nove civis morreram, e cerca de 40 ficaram feridos em novos bombardeios aéreos do governo sírio contra o território rebelde de Ghuta Oriental.

Nos últimos dias, o governo Bashar al-Assad retomou 40% desse enclave ao leste de Damasco, e o ritmo dos ataques aéreos não diminui.

O comboio humanitário que entrou na segunda-feira na parte rebelde de Ghuta Oriental teve de interromper sua operação de entrega de ajuda, devido aos bombardeios do governo contra essa região.